0
Profile Picture

Literatura

a year ago
Eu também me sinto preso a sentimentos e agora que te encontro sei que quero ser livre e me sinto deslocado sem pertencer a ninguém ou algum lugar, limitado a este lugar, ao meu passado. Se não consigo livrar de me querer punir por todos os erros que cometi, ao menos fujo de quem me quer mal e faz sofrer. Situações e a escolha entre dois males, o mal o menor, assim escolhi a vigília e a desilusão. O meu querer, as minhas ações despertam a insanidade nos outros levando-os à loucura, à verdade, senti-la no íntimo, acorda os segredos. Na noite vêem-se os olhos reluzentes de quem ainda resta, daqueles que ainda acreditam no seu sonho narcótico e recusam outra vida. A vida e o mundo real magoa os que se recusam a viver nele, nunca mais saindo do seu círculo vicioso, todos os dias na esperança de sentir, mas cada vez menos sentem, nem dor nem prazer. Aqueles que procuram a dor no amor, atraem-se para o abismo, são os mesmos que procuram o prazer na desgraça, na queda de si mesmos, atraídos por uma sensação de falsa liberdade, por uma promessa de libertação mas a sua dependência cresce com a mentira e ilusão, ficando livres de vez de nunca ter sentido e para sempre em paz do desassossego de viver.